Ano letivo começa para 1.500 alunos de Oriente

Começa a partir do dia 1º de fevereiro o ano letivo para 1.500 alunos de Oriente. No primeiro dia de aula as escolas localizadas no município irão promover uma acolhida, inclusive mantendo horário de adaptação para os estudantes menores. “Este período de adaptação é essencial para o desempenho futuro da criança e tem maior incidência entre os alunos pequenos, os das séries iniciais da pré-escola”, informou o prefeito Toninho Moris. Neste ano, através de resolução do governo do Estado de São Paulo, professores da rede estadual de ensino começarão o ano letivo, em 1º de fevereiro, com uma jornada em sala de aula fixada em dois terços de sua carga horária total (este é o máximo permitido pela Lei Nacional do Piso Salarial do Magistério Público).

O Estado já tem o salário-base inicial de docentes 59,5% acima do atual valor mínimo estabelecido por essa mesma legislação. As horas correspondentes a um terço da jornada total deverão ser cumpridas pelos professores em atividades pedagógicas extraclasse na escola, como reuniões de trabalho e atendimento a pais de alunos, ou em local de livre escolha.

“Ao elaborar a nova distribuição do horário de trabalho de nossos professores, tivemos como foco não só adequar a jornada do magistério à lei federal, mas, acima de tudo, também proporcionar aos educadores da rede estadual de São Paulo mais tempo para o desempenho de atividades voltadas à melhoria do aprendizado dos alunos”, declarou o secretário da Educação, Herman Voorwald. “Desse modo, mantivemos nossa prioridade para as duas diretrizes principais do programa Educação – Compromisso de São Paulo, que são tornar o ensino paulista um dos melhores do mundo e de valorizar a carreira docente, fazendo com que ela seja uma das mais prestigiadas por nossos jovens”.

www.orientesp.com.br
“Aqui você se Orienta”

Por: Jornal Tribuna Regional