Cidade passa a contar com escola integral

A partir de fevereiro Oriente passará a contar com escola de tempo integral. Será a primeira unidade do município e, na avaliação do prefeito Toninho Moris, consistirá numa perfeita alternativa para retirar os menores da rua.

A escola Aparecida Lopes Ramos terá o trabalho pedagógico e a carga horária do corpo docente adaptados ao novo modelo de escola integral. No novo modelo, a jornada será ampliada de seis horas para nove horas e meia, incluindo três refeições diárias. A estrutura contará com salas temáticas de português, história, arte e geografia, salas de leitura e informática, e laboratórios de biologia, química, física e matemática. Só em recursos audiovisuais, incluindo lousas interativas, serão investidos, pelo governo estadual, R$ 299 mil por escola, em um total de R$ 3,18 milhões.

Para as reformas e obras de adaptação foram destinados R$ 4,6 milhões. Os alunos terão orientação de estudos e auxílio na elaboração de um projeto de vida, que consiste em um plano para o seu futuro. Além das disciplinas obrigatórias, eles contarão com disciplinas eletivas, de acordo com a área de interesse. O intuito é contribuir para que o aluno esteja apto tanto para a continuação dos estudos após o Ensino Médio, quanto para o mundo do trabalho. “Nosso objetivo maior com essa iniciativa é a melhoria da qualidade da educação de nossos alunos”, destacou o secretário de Estado da Educação, Herman Voorwald. “Queremos fazer com que nossos jovens formados pelo Ensino Médio de São Paulo estejam preparados não só para os novos desafios do mundo do trabalho, mas também para uma sólida formação universitária”.

Além da integração das disciplinas, a diferença do novo modelo para as já existentes escolas de tempo integral está no novo regime de trabalho dos professores.

www.orientesp.com.br
“Aqui você se Orienta”

Por: Jornal Tribuna Regional