Show de Moacir Franco atrai 250 convidados em Oriente

Realizado no dia 17 de dezembro, o show do cantor, compositor e humorista Moacir Franco, reuniu 250 convidados no Caipirão. Espetáculo organizado pela Top Sete Consultoria foi amplamente elogiado pelos presentes. Moacir Franco se apresentou pela primeira vez no município e interpretou seus grandes sucessos, como as músicas que fizeram parte da trajetória de êxito de importantes duplas sertanejas, como João Mineiro e Marciano e João Paulo e Daniel. A organização do show, a cargo de Antônio Carlos, o Toninho Pipoca, recebeu os elogios e reconhecimento dos convidados. Além de intérprete de grandes sucessos, Moacir Franco é conhecido pelo seu bom humor. Atualmente interpreta o personagem Jeca Gay no programa A Praça é Nossa, do SBT.
Aos 78 anos, Moacir Franco começou sua carreira nos anos de 1960 no programa Praça da Alegria. Interpretando o personagem ‘Mendigo’, emplacou um grande sucesso ao gravar a marchinha de carnaval ‘Me Dá Um Dinheiro Aí’. Estourou com outras músicas, como Suave é a Noite (versão de Tender is the Night), “Pelé agradece”, “E tu te vais” , “Pedágio” e Eu Nunca Mais Vou Te Esquecer. Sofreu um sério acidente automobilístico na década de 70, o que lhe prejudicou a carreira. Depois do sucesso que vivenciara na primeira metade da década de 70, nunca recuperou a imensa popularidade que tinha.
Desde então lançou vários discos (fez muito sucesso com a canção Balada número sete, homenagem ao grande jogador de futebol Mané Garrincha), além de trabalhar nas principais emissoras do país apresentando, produzindo, escrevendo e atuando em diversos programas. Continua a seguir paralelamente a carreira de cantor, apresentando-se por todo o Brasil. Em 1978 explodiu em todo o país com o sucesso “Turbilhão” (A nossa vida é um carnaval…), música mais tocada no carnaval daquele ano. Nas décadas de 80 e 90 compôs várias músicas no gênero sertanejo, que alcançaram os primeiros lugares nas paradas, tais como: “Dia de Formatura”, com Nalva Aguiar, “Seu amor ainda é tudo”, “Ainda ontem chorei de saudade” e “Se eu não puder te esquecer”, com João Mineiro e Marciano. Na TV apresentou vários programas como Pequenos Brilhantes, A Mulher é um Show, Concurso de Paródias, Moacyr Franco Show e Moacyr TV, na Rede Globo (sempre tendo como redator o amigo de infância Gilberto Garcia, falecido em 1996) além de atuar nos humorísticos Meu Cunhado, ao lado de Ronald Golias, Ô… Coitado!, A Praça é Nossa (onde interpreta também o homossexual caipira Jeca Gay), SBT Palace Hotel entre outros. Participou também da versão da Rede Globo, Praça da Alegria, apresentada por Luís Carlos Miéli. No Programa “Moacyr Franco Show”, revelou vários artistas como: Isabela Garcia, Guto Franco, Carla Daniel, Nizo Neto, Rosana Garcia, sua afilhada de batismo, entre outros. Em 2011, ganhou o Troféu Menina de Ouro de melhor ator coadjuvante no Festival de Cinema de Paulínia por conta do personagem Delegado Justo no filme O Palhaço, de Selton Mello.
Seu filho Guto Franco fez sucesso ao ser lançado ainda criança em programas do pai, chegando a participar como ator da telenovela O Grito produzida e exibida pela TV Globo na década de 1970. Guto participou da Praça interpretando o personagem Dona Guajarina e atualmente é diretor e redator chefe do humorístico A Turma do Didi exibido pela Rede Globo aos domingos. Seu filho mais velho, Moacyr Franco Júnior, é comandante dos aviões da TAM e faz voos internacionais. João Vitor, fez programa de televisão ainda novo assim como Guto, participou mais atualmente de Meu Cunhado e hoje com seu nome artístico Johnny Franco segue carreira na área musical.

Por: Jornal Tribuna Regional