Encontro de Municípios Verde e Azul tem participação de Oriente

Cidade já prepara legislação ambiental e composição de conselho do meio ambiente

Oriente participou no começo do mês do encontro que divulgou o ranking dos municípios Verde e Azul do Estado de São Paulo. Realizado pelo quarto ano consecutivo, o encontro ocorreu no Palácio dos Bandeirantes, na capital paulista e contou com a presença do secretario estadual de Meio Ambiente, Bruno Covas. “Ao todo, 158 municípios conquistaram o selo, sendo que a cidade de Santa Fé do Sul obteve a maior nota do ranking paulista Verde e Azul, com 96,5 pontos”, informou o prefeito municipal de Oriente, Toninho Moris. Oriente ocupou uma posição intermediária no ranking, inclusive ficando à frente de municípios maiores, como Pederneiras, Caçapava, Matão, Campinas, São Carlos e Marília. “Os critérios para alcançar o selo Verde e Azul são rígidos e envolvem pontos que levam em consideração a preservação das árvores e dos recursos hídricos, além dos níveis de poluição do ar”.

Recuperação de manancial, como ocorreu em Oriente com o rio Caingangue, que nasce nos fundos da Fazenda Paredão. O leito vem ganhando vida nova graças ao trabalho de preservação ambiental, o que inclui despoluição do córrego e proteção da mata ciliar.

Outros pontos analisados pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente são quanto ao tratamento de água e esgoto, legalização do aterro sanitário, destinação adequada e correta dos lixos domiciliares, conservação e preservação ambiental urbano e rural, além da poluição do ar. Moris ponderou que Oriente consiste num exemplo e num modelo para as demais cidades, uma vez que além da recuperação de seus rios e da regularização do aterro sanitário, implantou uma máquina trituradora de galhos. “A trituração dos galhos é uma forma de você reciclar, transformando galhos em matéria-prima para o aquecimento de caldeiras, gerando até mesmo divisas para a Prefeitura”.
Toda a movimentação em defesa do meio ambiente e luta em prol da conservação dos recursos naturais estão alicerçando a composição do plano municipal de resíduos sólidos e a criação de um conselho municipal de meio ambiente.

“Oriente já começa a se mobilizar para compor um conselho municipal, justamente visando a conservação de nossa natureza e a conquista do selo Verde e Azul do governo estadual”, afirmou.

Outro avanço nesta área em Oriente será a composição de legislação ambiental específica.

www.orientesp.com.br
“Aqui você se Orienta”

Por: Jornal Tribuna Regional