Oriente prepara para se tornar estância turística

Potencial, que inclui turismo rural e ecoturismo, já garante status turístico ao município

Anunciada durante o 56º Congresso Estadual de Municípios, realizado no mês passado em São Vicente, litoral paulista, as novas regras para o município conseguir o status de estância turística estão movimentando a cidade de Oriente. Na análise do prefeito Toninho Moris, município possui todas as características necessárias para alcançar o título de estância turística.

“O primeiro ponto nós já possuímos, ou seja, um povo hospitaleiro e simpático”, destacou o prefeito municipal. Conforme explicou o próprio governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, durante o encerramento do 56º Congresso Estadual de Municípios, o Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias, conhecido pela sigla Dade, irá criar um novo grupo de cidades postulantes à condição de estância turística.

Atualmente existem 67 cidades com status turístico. O clima interiorano, associado às paisagens rurais, cachoeiras e rios, além dos pesqueiros e hotéis fazendas, na avaliação do prefeito Toninho Moris já asseguram as prerrogativas para Oriente ser incluída no lote de 335 cidades paulistas que terão a chance de evoluir ao nível de estância turística. O fundo do Dade, que hoje já cresce em média 10% ao ano, nesse novo sistema poderá chegar a R$ 300 milhões em 2013. Novo modelo, além de garantir mais repasses para os municípios, trará ganhos na gestão dos recursos. “Oriente possui o hotel fazenda Paredão, a estância Vale de Oriente, pesqueiros e quatro cachoeiras que já são visitadas pelos turistas”, frisou Toninho.

www.orientesp.com.br
“Aqui você se Orienta”

Por: Jornal Tribuna Regional
Foto: Ivan Evangelista Jr.