Câmara de Oriente entra na briga por mais segurança em rodovia

Requerimento de autoria dos vereadores Odair José Tardin, Odair Luiz Paiva, Osvaldo Bueno, Luverci Moris, Matheus Moris, Jair Teixeira Alves, Jaime Pessoa da Silva, Daniel Henrique Moris e Carlos Eduardo Moris, o Dado Moris, cobra do Departamento de Estradas de Rodagens do Estado de São Paulo, o DER, providências para ampliar a segurança da rodovia comandante João Ribeiro de Barros, a SP 280 que liga a cidade a Pompeia e Marília. “A rodovia João Ribeiro de Barros divide o município de Oriente e tem um fluxo elevado de veículos utilitários e de veículos de transporte de cargas pesadas entre outros, havendo necessidade de regulamentação de velocidade para evitar acidentes e mortes. Tal solicitação prende-se no fato do referido trecho estar exatamente encravado entre ambas partes da cidade e este município possuir apenas uma passarela e um viaduto próximo , bem como os trevos não são em desnível, dificultando a travessia de pedestres nos extremos do perímetro, concorrendo para inúmeros acidentes, inclusive ocorreu mais um acidente fatal com o tio de um vereador nesta semana, em razão da velocidade permitida para o local ser de 100 quilômetros dor hora”, afirmaram os vereadores. Os parlamentares municipais reivindicam estudo técnico para redução da velocidade máxima permitida do trecho do perímetro urbano de Oriente, caindo de 100 quilômetros por hora para 80 quilômetros por hora. Outro pedido é a instalação de redutor de velocidade ou radar fixo ao longo do perímetro que abrande a cidade.
www.orientesp.com.br
“Aqui você se Orienta”
por: Jornal Tribuna Regional