Período chuvoso não atrasa obra das casas populares

Mesmo o período de chuva nos últimos dias não está reduzindo o trabalho da construtora responsável pelas novas casas populares de Oriente. Conforme informou o prefeito municipal Toninho Moris, as bases das 78 residências estão construídas e cronograma já prevê a colocação de laje de concreto. Toninho Moris salientou que cronograma de obras poderá ser antecipado e concluído em menos de 12 meses. No final de março, a Scamatti instalou iluminação noturna para proporcionar condições de executar obras e tarefas no período noturno. O novo conjunto habitacional será composto por 78 moradias. “Além das 78 casas, a Scamatti entregará obras do paisagismo, drenagem pública, pavimentação, guias, sarjetas e passeios”, informou o prefeito. Toninho ressaltou que a modalidade de empreitada global evita a descontinuidade da obra, bem como proporciona uma economia maior. O valor do novo conjunto habitacional ultrapassa a casa dos R$ 3,4 milhões. Cada unidade habitacional será composta por 52 metros quadrados. As moradias, dentro do conceito de residência digna, terão três quartos e todas serão dotadas de aquecedores solares para o uso sustentável da energia. “Realizaremos o sonho da casa própria para 78 famílias”, disse.
www.orientesp.com.br
“Aqui você se Orienta”
Por: Jornal Tribuna Regional