DOCUMENTÁRIO Paróquia de Oriente – 75 anos

O Mundo, o Brasil, a Igreja e Oriente. Um tempo de renovação
Tive a honra e o privilégio de trabalhar nesta semana no documentário de 75 anos da paróquia de nossa cidade, confesso que foi um trabalho além de tudo prazeroso onde pudemos resgatar um pouco de nossa história e, consequentemente, de nossa identidade.
Vivemos no Brasil um regime de estado laico porém nossa sociedade é hegemonicamente cristã e palavras como ‘perseguição religiosa’ soam estranhamente pois nem fazemos ideia do que viria a ser isso. Mesmo nos tempos de ditadura, a liberdade religiosa sempre foi muito presente em nossa história e sabemos de importantes personagens político/religiosos neste período de nossa história. Na verdade o que temos é um grande caldeirão cultural em nosso povo, influências umbandistas, protestantes, espiritistas e católicas pairam por nossas cabeças a todo momento de maneira que uma grande parte da população nem consegue distinguir uma das outras é como se isso fosse “coisa de teólogo”. História e histórias à parte, gostaria de falar sobre o momento que vivemos: um momento de renovo.
A vinda de um novo pároco para nossa cidade aconteceu durante uma série de ‘cristocidências’ (ou coincidências, como queira chamar). O jovem e graduado padre Sidnei Santos iniciou suas atividades em janeiro, assim como o nosso jovem a graduado prefeito Dado, um momento de grandes transições, o novo conclave nos deu um novo papa que trabalha muito pelos jovens e esteve no Brasil na Jornada Mundial da Juventude que coincidiu com a troca do bispo da diocese de Marília (da qual pertencemos). Muitas mudanças simultâneas nos leva à um novo sentimento, ou melhor, nos leva à um sentimento de novo.
Está longe das minhas intenções elaborar conclusões à respeito dessas mudanças, um novo papa, um novo bispo, um novo padre e um novo prefeito. Muitas novas figuras e novas mentalidades, o novo até pode gerar receio (concordo), mas o que vivemos hoje, sem dúvidas, é um tempo de renovo. Parafraseando o apóstolo Paulo “aquele que está em Cristo é nova criatura, as coisas velhas já passaram, eis que tudo se fez novo” (II Coríntios 5:17). Também está longe de mim elaborar comentários teológicos sobre as coisas, mas uma coisa podemos ter certeza é que Deus (como queira chamar o seu) é um deus de renovo, todo dia é um novo dia (Jeremias 3:23). É isso que esperamos de Deus e é isso que Deus espera de nós, que nos renovemos a cada dia, este é um tempo de renovo, sem dúvida, aproveite e renove-se também. “Transformem-se pela RENOVAÇÃO da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus” (Romanos 12:2).