Transformação: EMIF “Elza Cavadas Reis” volta a funcionar depois de completa reforma e ampliação

As crianças da Rede Municipal de Ensino que voltaram às aulas nesta sexta-feira (08/11) nas dependências da EMEIF se depararam com uma nova realidade de escola: Além das salas completamente limpas e pintadas, todo o piso foi substituído por piso frio antiderrapante, o antigo forro de madeira deu espaço para o novo forro PVC antichamas, novas dependências foram criadas num remodelamento arquitetônico onde agora a escola conta com sala de arquivo físico, coordenação, direção, sala de professores e secretaria (todas com ar condicionado), as salas de aula agora contam com uma televisão LCD cada uma (implementadas com blue-ray players), as antigas janelas foram trocadas e agora a escola [toda] conta com janelas de vidro que permitem maior iluminação e ventilação para os ambientes, tudo isso com uma nova fachada que propiciou uma área coberta para os intervalos dos alunos além da troca dos brinquedos do playground e esterilização da areia do mesmo para proporcionar mais segurança e saúde para as crianças.
Todas estas melhorias fazem parte do plano da atual administração de revitalização urbana e melhoria da infraestrutura dos serviços públicos oferecidos em Oriente, para o prefeito Dado oferecer melhores condições para o desenvolvimento do trabalho é primordial “nossa escola conta com professores de qualidade, confio no trabalho da equipe da educação e propiciar melhorias na infraestrutura de ensino é propiciar melhores condições de trabalho para que possam desenvolver todo seu potencial como profissionais da educação” – disse o prefeito Dado. Para a secretária municipal da educação Ana Beatriz Teixeira este é um momento histórico para o município “nunca nossa escola tinha passado por uma reforma e ampliação desta magnitude, todo este investimento reflete o quanto o executivo está preocupado em oferecer uma educação de qualidade para a nossa cidade, muitas entre nós brincamos chegando a dizer que esta é nossa nova escola, foram tantas mudanças que até parece outro prédio” – disse.

Atualmente mais de trezentos e vinte crianças estão matriculadas na Rede Municipal de Ensino.