Prefeitura de Echaporã não paga empresa

Sem receber desde 2014, Laboratório São Francisco será obrigado a limitar exames à população
Um serviço essencial para o sistema de saúde de Echaporã está sendo prejudicado por ingerência administrativa: a falta de pagamento, por parte da Prefeitura Municipal de Echaporã, está limitando ao minimo os exames médicos fornecidos gratuitamente à população e realizados pelo Laboratório São Francisco, de Marília. “Só não vamos parar de vez por respeito e amor a esta cidade, onde nasci e onde vive toda minha família”, explicou o empresário Leonel Ventura, diretor da empresa. Segundo Leonel, o laboratório está sem receber desde 2014 e a manutenção do serviço fica praticamente inviável com os custos que produz. O empresário esteve na Câmara Municipal de Echaporã na terça, dia 17 de junho, para explicar à comunidade a situação em que se encontra o serviço prestado em Echaporã. “Estamos em muitos municípios da região. Oscar Bressane é menor [que Echaporã], no entanto gasta mais com exames e tem um prefeito que paga seus fornecedores em dia”, declarou o empresário. Leonel disse que já teve várias reuniões com a Prefeitura e com a secretária de Saúde, mas nada foi resolvido. O presidente da Câmara, Marcelo Paglione, disse que “mais uma vez a população paga o preço pela má administração de nossa cidade”.

Foto:O empresário Leonel Ventura usando a tribuna

Deixe uma resposta